Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Atlético x Grêmio, na luta pelo título e pela permanência na Série A.

Grande clássico e grande tensão em função do que está em disputa por cada time. O Galo precisa fazer o “dever de casa” para continuar líder com folga; o Grêmio luta desde o início do campeonato contra mais um rebaixamento, apesar de ter um dos elencos mais caros do país. Os times prováveis:

Atlético
Everson, Mariano, Réver, Junior Alonso e Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho Fernandez; Hulk e Diego Costa.
Técnico: Cuca

Grêmio
Breno, Vanderson, Geromel, Ruan e Cortez; Thiago Santos, Lucas Silva e Villasanti; Ferreira, Douglas Costa e Borja
Técnico: Vagner Mancini

Às 21 horas, no Mineirão, com arbitragem de Luiz Flávio de Oliveira – FIFA/SP, auxiliado pelos também paulistas Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro.

Comandando o VAR: José Cláudio Rocha Filho (FIFA/SP


Grande jogo entre dois concorrentes diretos do Galo. E um ótimo resultado

O início de resussreisção do Flamengo, na vitória sobre o Atlético, deu uma estancada na Arena da Baixada nos 2 a 2 com o “Furacão”. Tarde ótima para ficar de olho em dois concorrentes diretos do Galo por títulos em disputa neste fim de ano.

Jogo muito bom, em alta velocidade e o Flamengo começando avassalador, com 2 a 0 pra cima do Athetico-PR em Curitiba. Gabigol que não marcava há nove jogos, desencantou, fazendo os dois. Coincidentemente eu estava folhando os jornais do último fim de semana e lia essa reportagem d’O Globo, de sábado.

Cuca e cia. precisam manter o ritmo de antes da derrota para o Flamengo, que tem um time excelente e uma força descomunal nos bastidores.

O Athletico-PR também tem ótimo time. Inclusive o goleiro Santos, que é bom, mas também é dessa onda de “jogar com os pés”. E costuma vacilar feio, como fez hoje, facilitando a vida do Flamengo.

O início da reportagem do Diogo Dantas e Vitor Seta n’O Globo de sábado é bem interessante.

Faz lembrar o que escrevi no blog antes da derrota do Galo, sábado: “O Galo não pode é ressuscitar o Flamengo. Jogo fundamental na corrida pelo título”


Com folha salarial de pouco mais de R$ 500 mil, Vila Nova-GO faz campanha bem melhor que o Cruzeiro, o “primo rico”, da Série B

O Cruzeiro tem a maior folha salarial entre todos os times da Série B, e por incrível que pareça, com este empate com o Vila Nova-GO, completou 71 rodadas, entre 2020 e 2021, sem chegar perto da parte de cima da tabela de classificação. Melhor posição até hoje foi o 9º lugar no campeonato do ano passado.

O Vila Nova, que está conseguindo o objetivo de se segurar na Série B, tem uma folha na faixa dos R$ 550 mil, mensais. O Cruzeiro, R$ 3,6 milhões. Isso mostra que os dirigentes goianos são muito mais competentes para montar um grupo do que os colegas mineiros. O time goiano chegou aos 43 pontos, 10 a menos que o rival Goiás, o quarto colocado, e oito pontos a mais que o primeiro da zona da degola, que é o Londrina, 35. Está na 10ª posição. O Cruzeiro é o 14º com 40 pontos.

Depois de paralisação no Independência por causa da chuva, a bola voltou a rolar. Clayton marcou para o Vila, de pênalti, aos 32 minutos. O empate saiu aos 39, por meio do Giovanni, também de pênalti.

Com este 1 a 1 o Cruzeiro chega a 16 empates, sendo nove em casa. É o único time com 33 jogos na Série B.


Semana para acabar com os jogos atrasados de Flamengo e Atlético. Grêmio, desesperado, poderá ter papel de “fiel” da balança

Em fotos: ge.globo.com/Foto: Pedro H. Tesch/AGIF, a torcida do Grêmio, que invadiu o gramado da própria Arena, quebrou o VAR e encarou a polícia.

Estes e outros temas na coluna do Fernando Rocha, no Diário do Aço, de Ipatinga:

“Secadores ligados”

Os secadores dos atleticanos estarão todos ligados e apontados  esta semana na direção do Flamengo, que fará os dois jogos que tem a menos em relação ao Galo, a começar por esta terça-feira à tarde, na Arena da Baixada em Curitiba, contra o Athlético(PR), e na sexta-feira diante do Grêmio, na capital gaúcha.

Enquanto isso, o time sob o comando do técnico Cuca se prepara para receber o Grêmio, quarta, no Mineirão, com a obrigação de vencer para continuar firme na caminhada rumo ao título.

A preocupação agora também passa a ser com o segundo colocado,  Palmeiras, cuja distância diminuiu para 7 pontos, que pode virar 10 se o Galo vencer o Grêmio neste jogo isolado.

Pegando carona no discurso moderado do técnico Cuca, este é um momento de atenção, concentração, pés no chão, mas nunca de desespero, visando obter as vitórias que irão manter o time na liderança até chegar ao tão sonhado título nacional.

Clássico decepcionante

Foi uma decepção do ponto de vista da qualidade do espetáculo, o jogo mais esperado do ano, Flamengo x Atlético, disputado no último sábado, no Rio de Janeiro.

O Flamengo no primeiro tempo só foi reconhecido pela camisa rubro-negra, muito longe de ser o time que assustava qualquer adversário, sobretudo diante da sua torcida, no Maracanã.

Mesmo assim conseguiu a vitória de 1 x 0, gol do baixinho Michael,  contando com uma falha da defesa do Galo, que foi um time sem inspiração, recorrente na dificuldade em criar situações de perigo, ao se deparar com adversários que jogam fechado, abusando das bolas pelo alto e sem incomodar o experiente goleiro Diego Alves.

O técnico Cuca foi ousado ao trocar Guga por Diego Costa, mas perdeu o meio de campo com a improvisação de Zaracho na lateral direita. E foi muito mal ao sacar Nacho Fernandez, que estava meio apagado, mas por se tratar de um jogador diferenciado, não  poderia ter deixado o gramado.

Ao final, o balanço de  um jogo tecnicamente bem abaixo do que se esperava das duas melhores equipes brasileiras, com a vitória até certo ponto justa do Flamengo, mas que ainda deixa o Galo muito vivo, com boa vantagem para administrar nesta reta final de competição, visando a conquista do tão sonhado título.

FIM DE PAPO

·                   Mais uma vez abriram o “saco de maldades” contra milhares de atleticanos, que compraram ingressos e se arriscaram em ir ao Maracanã para incentivar o Galo, mas só conseguiram ter acesso ao estádio na metade do 2º tempo.  A diretoria do Flamengo foi a grande causadora de todos os problemas, mas como no futebol que imita a vida no nosso país, leis e regulamentos foram feitos para ser desrespeitados, já se sabe que nenhuma punição lhe será aplicada.

·                   Esta semana pode ser decisiva para o futuro do Galo, que faz este jogo atrasado com o Grêmio, no Mineirão,  já sabendo do resultado de outro jogo que estava com asterisco na tabela, Atlético-PR x Flamengo, sendo que o rubro-negro volta a campo  na próxima sexta-feira para enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre, concluindo as partidas que faltam para deixar todos em iguais condições na disputa pelo título nacional.

·                   Qualquer tropeço do rubro-negro pode beneficiar o Galo, desde que vença o Grêmio, que vive uma crise sem precedentes e ainda pode perder mandos de campo, devido aos atos de vandalismo praticados por parte da sua torcida na derrota do último domingo para o Palmeiras.

·                   Com Atlético e Athletico-PR disputando a final da milionária  Copa do Brasil/2021, a CBF já planeja novos moldes para a competição das próximas temporadas, valendo a partir de 2023. A entidade quer que a decisão da copa seja em jogo único, em estádio neutro, definido no início do torneio. A informação é da TNT Sports. De acordo com o portal da emissora, a CBF já definiu a mudança a partir de 2023, além de inserir esta novidade no plano comercial da competição, com os direitos de transmissão a serem comercializados ainda em 2022. A decisão vai seguir os mesmos moldes do que já ocorre com os torneios continentais: Libertadores e Sul-Americana, desde 2019. Nesta temporada, as finais das duas competições serão disputadas no Uruguai. (Fecha o pano!)

* Por Fernando Rocha – Diário do Aço – Ipatinga


Parabéns à cidade de Tombos, aos dirigentes e a todos do clube: Tombense vence em Manaus e sobe para a Série B 2022

Pose dos jogadores, comissão técnica e dirigentes no vestiário após a conquista 

Foto: Manaus Futebol Clube 

Será adversário do Cruzeiro no Brasileiro do ano que vem. Notícia no Hoje em Dia:

“Voo do Gavião! Tombense vence o Manaus e conquista o acesso à Série B do Brasileiro”

O Tombense está na Série B do Campeonato Brasileiro. E foi com emoção. Com um gol nos acréscimos, o Gavião Carcará venceu o Manaus por 2 a 1, na tarde deste sábado (30), na Arena da Amazônia, e conquistou o acesso à Segunda Divisão com uma rodada de antecedência.

A equipe da casa abriu o placar com Rhafael Lucas, aos 32 minutos do primeiro tempo. O time mineiro empatou seis minutos depois com Capa, e virou o marcador aos 48 minutos da segunda etapa.

Com o resultado, a equipe de Tombos chegou aos dez pontos, na liderança do Grupo D, e abriu quatro pontos de vantagem para o terceiro colocado, o próprio Manaus, restando um jogo para o encerramento da segunda fase da Terceirona.

O Tombense agora trabalha para terminar esta etapa do campeonato na liderança e disputar o título da competição com o melhor colocado da outra chave.

Na última rodada desta fase, o Gavião Carcará enfrenta o Ypiranga-RS, no dia 7 de novembro, em Tombos.

https://www.hojeemdia.com.br/esportes/voo-do-gavi%C3%A3o-tombense-vence-o-manaus-e-conquista-o-acesso-%C3%A0-s%C3%A9rie-b-do-brasileiro-1.860857

 


América 2 x 1 Fortaleza: segunda melhor campanha do segundo turno, atrás apenas do líder. “O Coelhismo é real”

Das redes sociais do Coelhão após o jogo: @AmericaMG: UNIÃO! O clima do nosso vestiário após uma excelente vitória é assim! #CoelhãoSérieA #PraCimaDelesCoelho #SomosVolt

Com a consistente vitória de ontem sobre o Fortaleza no Independência, o América mostrou que os jogadores passaram por cima da surpreendente saída do técnico Vagner Mancini. Saindo da luta pela permanência na Série A para a briga por vaga em Copa Sul-americana e até na Libertadores.

Além da alegria geral por mais três pontos, essa vitória foi um presente antecipado a uma das torcidas organizadas mais simpáticas do futebol mineiro, a Barra UNA, que hoje completa 32 anos. Parabéns do blog!

@barrauna

“31 de Outubro de 1989 Nascia a Unida Nação Americana, hoje a Barra UNA. 32 ANOS não são 32 dias. Aquela que NUNCA parou de cantar. Comemoremos e celebremos todos juntos com está bela vitória do

Viva a UNA!”

A Arena Independência também exaltou o time: @arenaindepa “Na raça, na vontade e com a força da torcida! que vitória! o @AmericaMG venceu o Fortaleza no Indepa e segue na perseguição pelo sonho da Libertadores. VAMOOOOO! #VemProHorto

Em fotos da Ademir, acima e Felipe Azevedo, abaixo, marcaram os gols da vitória. Fotos de Pedro Vale e Yuri Laurindo/twitter.com/arenaindepa

E o jornalista Igor Varejano lembrou muito bem e inspirou o título deste post: @IgorVarejano: “É preciso falar SÉRIO desse América-MG. Segunda melhor campanha do segundo turno, atrás apenas do líder. Venceu Santos, Fortaleza e Palmeiras em jogos muito diferentes. Só foi derrotado uma vez nos últimos 12 jogos. O Coelhismo é real e ele vai te pegar.”


Flamengo errou menos e venceu um Atlético apático no Maracanã

Fora do estádio uma enorme covardia contra os centenas de atleticanos que compraram ingressos e foram impedidos de entrar antes de a bola rolar. Só depois da metade do segundo tempo é que isso foi possível. Leis e regulamentos no Brasil são feitos para ser desrespeitados. Estatuo do Torcedor é peça de ficção.

No gramado, o primeiro tempo foi bem fraco com erros de passe dos dois times, principalmente do Atlético, que entrou ansioso demais em campo, querendo resolver a partida de qualquer jeito, como se o empate representasse a perda do campeonato. Poucas chances foram criadas e ninguém se destacou. O Flamengo acuado, explorando contra ataques e numa das poucas ida pra cima, se aproveitou do vacilo do miolo da defesa, permitindo que o Michael fizesse o gol, aos 24 minutos.

O segundo tempo melhorou. Foi mais acelerado e Cuca apostou no tudo ou nada, colocando mais atacantes. Diego Costa no lugar de Guga, Savarino no de Nacho Fernandez e Vargas no lugar de Keno. Recompôs a defesa com Mariano no lugar do Zaracho. E depois Nathan no de Allan. Nada adiantou. O Flamengo se manteve bem postado na defesa e em um único cochilo da dupla de zaga, Huck cruzou para Diego Costa que cabeceou da pequena área, para fora.

A inspiração do Galo sumiu nesta noite de sábado. Ninguém se sobressaiu, apesar do esforço do Jair, um guerreiro. Fosse eu o treinador, não tiraria o Nacho. Em um dia ruim como este, jogadores como ele costumam fazer diferença em uma única jogada.

E vale conferir o comentário do Alisson Sol, direto dos Estados Unidos, aos 30 minutos do primeiro tempo, sobre a transmissão do jogo pela TV: “A partida é difícil de assistir. Jogo ruim, como esperado. Mas a narração do Premiere tenta criar emoção, repetindo a todo momento que “basta o Flamengo vencer esta partida, e mais duas atrasadas, e a diferença cai para 4 pontos“! Só isto! E ainda com 30 minutos de jogo. Ficam lembrando partidas históricas do Flamengo contra o Atlético-MG, etc. Narrar a partida que é bom… nada!”


O Galo não pode é ressuscitar o Flamengo. Jogo fundamental na corrida pelo título

Maravilha de imagem postada pela Galosampa no twitter e repassada ao blog pelo Igor Duarte

E a direção do Maracanã achou um “jeitinho” para receber os atleticanos que tiveram ingressos negados pela diretoria flamenguista:

Flamengo
Diego Alves, Isla, Rodrigo Caio, Léo Pereira (Gustavo Henrique) e Renê; Willian Arão, Thiago Maia, Andreas e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabigol
Técnico: Renato Gaúcho

Atlético
Everson; Guga (Mariano), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho (Diego Costa); Keno e Hulk
Técnico: Cuca

Às 19 horas, com arbitragem de Anderson Daronco (Fifa/RS), auxiliado por Rafael da Silva Alves (Fifa/RS) e Michael Stanislau (RS)
O VAR com Daniel Nobre Bins (RS).

E a direção do Maracanã acabou achando um “jeitinho” para receber os atleticanos que tiveram ingressos negados pela diretoria flamenguista:

* “Torcida apoia Atlético antes de jogo contra o Fla e terá espaço no Maracanã”

Embora não tenha sido vendido ingresso para torcida visitante, administração do estádio resolveu abrir setor para os atleticanos diante da alta demanda

O elenco do Atlético recebeu forte apoio de seu torcedor antes de seguir para o Maracanã, local da partida diante do Flamengo, neste sábado, às 19h, pelo Campeonato Brasileiro. Uma multidão esteve na porta do hotel do Galo, no Rio de Janeiro. “Vamos Galo, ganhar o Brasileiro” foi o cântico mais entoado pelos torcedores, que prometem marcar presença em peso no Maracanã.

Embora o Flamengo não tenha, oficialmente, liberado a venda de ingressos para a torcida do Atlético, vários torcedores do Galo viajaram para a capital fluminense para acompanhar o duelo entre mineiros e cariocas.

Diante da alta procura por ingressos, um portão do Maracanã foi liberado para a torcida alvinegra. A recomendação do Atlético é para que todos os seus torcedores, mesmo aqueles que compraram ingresso para outros setores, acesse o estádio pelo portão B.

Flamengo e Atlético realizam o confronto direto pela liderança do Campeonato Brasileiro neste sábado. O Galo tem 13 pontos a mais que o rubro-negro, que ocupa a 5ª posição, mas tem o segundo melhor aproveitamento na competição. O alvinegro busca a vitória para pavimentar o caminho rumo ao título nacional.

https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2021/10/30/noticia_atletico_mg,3945620/torcida-apoia-atletico-antes-de-jogo-contra-o-fla-e-tera-espaco-no-maracana.shtml


Que situação a do Cruzeiro: perde em casa, de 3 a 1 para o Remo, e precisa de duas vitórias em seis jogos para não cair pra Série C

Foto: twitter.com/ClubeDoRemo

Outra vez reclamou da arbitragem e outra vez jogadores e membros da comissão técnica disseram que o time fez “uma boa partida”, mas “deu azar”. E assim segue o Cruzeiro.

O Luciano Dias, da Band, lembrou e comentou sobre mais uma derrota, esta noite para o Remo, no Independência: @jornlucianodias “Cruzeiro precisa de duas vitórias em seis jogos para não cair pra Série C. Sim, é uma tarefa difícil!

O Cruzeiro é assustador, bizarro… O time chegou ao nível de depender do Thiago para ter alguma possibilidade de incomodar o adversário. Ele sai e a equipe piora. O mesmo Thiago que tem uma dificuldade impressionante de fazer gol. E o Sóbis…”

O cruzeirense Luiz Ibirité desabafou depois da partida:

* “Grande Chico, q reta final de campeonato mais sofrida, digo isso em todos os sentidos, dentro e fora de campo, um time cheio de limitações e uma diretoria amadora, q agora tenta vender a ideia de que a SAF vai “salvar” o clube, sei não, e o time dentro de campo mostra cada vez mais q é um elenco horrível, não dá nem pra pontuar, lateral, zaga ou meio campo, precisa de contratar mesmo, montar um time inteiro pra próxima temporada, mas sem grana, futebol é dinheiro e sem dinheiro o risco de piorar o q já está ruim é enorme.”


Flamengo continua catimbando a venda de ingressos para a torcida do Atlético para o jogo de sábado. Advogado denuncia e recorre

O Flamengo está catimbando a venda de ingressos para a torcida do Atlético para o jogo de sábado, 19 horas no Maracanã, descumprindo a legislação do Estatuto do Torcedor e da própria CBF, que tem uma “ouvidoria” que foi criada para resolver problemas como este.

Sabemos que no Brasil leis existem para ser descumpridas. No futebol, então, nem se fala!

O advogado atleticano Custódio Pereira Neto, mineiro, morador do Rio, um dos fundadores da Cariogalo, acionou as autoridades “competentes” para isso se resolva, mas, como há dois anos, corre o risco de, novamente, dar com os burros n’água. Como ele mesmo escreveu. “… há exatos 2 anos, reclamava-se a mesma coisa, com a mesmas pessoas. E NADA FOI FEITO…”

Fazer o quê? No dia 26 de julho, um Juiz do Rio chegou a nomear o presidente do Flamengo como um dos interventores da CBF, após a anulação da eleição do Rogério Caboclo para o cargo. Claro que me juntei aos milhões de indignados país afora. O grande jornalista João Carlos Albuquerque, o “João Canalha”, perguntou, via twitter, se aquela gritaria geral não seria exagerada, afinal seria “só um mês” de intervenção. Quando se trata de gananciosos, do bloco do “eu sozinho”, todo cuidado é pouco. Se em um único dia é possível armar um monte de coisas, imagine em um mês inteiro. E vejam uma das justificativas do senhor Juiz para nomear o presidente flamenguista: “’expressiva torcida’ fez Justiça nomear Landim como interventor na CBF – https://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/8963909/flamengo-expressiva-torcida-fez-justica-nomear-landim-como-interventor-na-cbf

Até o Landim ficou constrangido e agradeceu, não aceitou.

Dito isso, parabenizo ao caro Dr. Custódio por mais essa iniciativa cidadã e torço para que ele tenha sucesso dessa vez. Mas, a chance de ser embromado novamente é gigante.

Confira os argumentos dele e o histórico da desfaçatez da qual ele foi vítima:

* “Rio de Janeiro, 28 de Outubro de 2021.”

Assunto: descumprimento da legislação na venda de ingressos para visitante, Flamengo x Atlético, sábado, 30/10, às 19:00, no Estádio Maracanã.

Obs.: o histórico de mensagens abaixo mostra que, há exatos 2 anos, reclamava-se a mesma coisa, com a mesmas pessoas. E NADA FOI FEITO

DOUTOR Roberto Sardinha

OUVIDOR GERAL DE COMPETIÇÕES DA CBF

ouvidoriacompeticoes.sardinha@cbf.com.br,

(21) 3572-1900

DOUTOR Manoel Medeiros Flores Júnior

Diretor de Competições da CBF

manoel.flores@cbf.com.br

JORNALISTAS: CÓPIA OCULTA

Torcedor Atleticanos: CÓPIA OCULTA (mais…)


Página 5 de 1.230« Primeira...34567...102030...Última »