Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Em clima de despedida, uma boa entrevista do Daniel Nepomuceno

Ao Globoesporte.com

“Nepomuceno avalia gestão e opina sobre Oswaldo e Robinho: “Claro que manteria”

Em longa entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com, presidente do Atlético-MG reconhece erros, acertos, comenta as trocas de treinador e garante: “O legado é positivo”

Daniel Nepomuceno foi corajoso. Assumiu a presidência do Atlético-MG logo após a saída do dirigente mais vitorioso da história do clube: Alexandre Kalil. Iniciou a sua gestão, em 2015, com a obrigação de manter o time no altíssimo patamar que o “turco” deixou. Fez uma boa gestão do ponto de vista administrativo, geriu com sabedoria os cofres do clube, fez contratações de peso, alavancou o programa de sócio-torcedor, aprovou o projeto do estádio próprio, sonho antigo do Alvinegro. Em campo, bateu na trave com um vice-campeonato brasileiro e um vice da Copa do Brasil, mas não conquistou grandes títulos. O que faltou?

Faltando menos de um mês para a eleição do novo presidente do Galo, Daniel Nepomuceno concedeu uma longa entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com e passou a limpo a gestão. O capítulo final será a provável vitória de Sérgio Sette Câmara – o candidato da situação – nas eleições do próximo dia 11 de dezembro. Depois disso, Daniel vai cuidar da família com a sensação de dever cumprido, orgulhoso pelo que fez e com a certeza de um “legado positivo”. Mas a intenção não é abandonar o Galo. Na entrevista, que durou quase uma hora, o dirigente falou sobre tudo, com muita sinceridade. Confira!

GloboEsporte.com: De modo geral, como você avalia sua gestão como presidente do Atlético-MG?

Daniel Nepomuceno: Nós tivemos os dois primeiros anos muito bons (2015 e 2016). No futebol não tem medalha de prata, mas se você considerar a história do Atlético, no primeiro ano pegamos o vice do Brasileiro. No segundo, o vice da Copa do Brasil. Preparamos tudo para, no terceiro ano, poder, aí sim, levantar (taças de expressão). Reforçamos ainda mais o time e trouxemos o treinador que todo mundo queria. No primeiro semestre, conquistamos o Mineiro em cima do maior rival, classificamos como primeiro geral na Libertadores e começamos o Brasileiro com uma partida excelente contra o Flamengo. Tinha tudo para dar certo. O que frustrou foi o segundo semestre. Foi o pior semestre dos três anos e aquém de qualquer expectativa, principalmente em casa. Como torcedor doente e apaixonado que sou, me cobro muito por isso. Ninguém se frustou mais do que eu. Futebol é isso, ele não perdoa. Tem que pensar nos erros para poder avançar e recuperar o tempo perdido. (mais…)


A chiadeira do Grêmio contra a arbitragem do chileno Júlio Bascuñan é plenamente justificável

Pênalti claro em cima do Jael no último lance do jogo. Um lance desses pode tirar o título de um time. Final dificílima, onde um gol é ouro, os dois times preocupados principalmente em não tomar.

Foi 1 a 0, resultado bom, mas poderia ter sido melhor, já que a cuíca vai roncar em Lanús.

E assim como o técnico Renato Gaúcho, também não entendi porque não foi usado o tal árbitro de vídeo.


Itair Machado se defende, diz que também irá à Justiça contra Vicintin e acusa ex-dirigente de levar o Cruzeiro a desastre financeiro

Em nota à imprensa Itair nega acusações e parte para o ataque. A íntegra do documento:

nota-itair22-11-2017

m


A origem do estouro da confusão entre os dirigentes cruzeirenses

Há dois dias está circulando uma gravação em vídeo do Paulinho, jornalista paulista que tem um concorrido blog. Num longo depoimento ele dá detalhes de muitas informações comprometedoras de bastidores, envolvendo principalmente o Itair Machado, que reagiu e atacou Bruno Vicintin, que tem fama de grande controlador de redes sociais usadas a seu favor.

O próprio Paulinho voltou à carga hoje e conta mais coisas, além de disponibilizar o o link com o vídeo dele:

* “Itair Machado e seu ventríloquo respondem ao Blog do Paulinho, mas são desmascarados”

Faz algum tempo o Blog do Paulinho tem revelado verdades sobre os agentes de futebol que tomaram de assalto, com anuência do presidente do Cruzeiro, Wagner Pires Sá, a diretoria de futebol do clube.

Ontem, outras histórias dessa gente vieram à tona, com farto material comprobatório.

https://blogdopaulinho.com.br/2017/11/21/itair-machado-e-angelo-pimentel-tomaram-dinheiro-de-jogador-com-promessa-de-coloca-lo-no-cruzeiro-com-documentos/

Diante da enorme repercussão pelas mídias sociais, os “donos’ do sistema, acossados pelo indignado torcedor cruzeirense, manifestaram-se, demonstrando ainda mais o nível das pessoas que estão à frente de uma instituição tão relevante.

Itair Machado, twittou: “Pessoal isso é mentira, este senhor não tem envergadura moral para tais acusações !!!”

https://blogdopaulinho.com.br/2017/11/22/itair-machado-e-seu-ventriloquo-respondem-ao-blog-do-paulinho-mas-sao-desmascarados/


Guerra aberta entre dirigentes do Cruzeiro, com direito a ameaça de morte e queixa crime

Bruno Vicintin deu entrevista coletiva dizendo que recebeu recado de ameaça de morte do futuro sucessor dele no comando do futebol do Cruzeiro, Itair Machado. Amanhã vai registrar queixa crime. O portal O Tempo registrou a coletiva:

* “Bruno Vicintin relata ter sofrido ameaças de morte de Itair Machado”

Ex-vice presidente de futebol do Cruzeiro deu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira revelando o acontecido

Ex-vice presidente de futebol do Cruzeiro, que ocupou o cargo até o início de outubro, Bruno Vicintin convocou a imprensa na tarde dessa quarta-feira (22) para se defender, explicar a situação financeira do clube e denunciar que foi ameaçado de morte pelo futuro vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, que assumirá o cargo no ano que vem.

De acordo com Bruno, a ameaça teria sido feita por telefone na sede do clube no Barro Preto, na presença de várias testemunhas, inclusive o atual presidente Gilvan de Pinho Tavares. Apesar da ameaça, o ex-dirigente disse que não chegou a ir à delegacia fazer um boletim de ocorrência na hora, segundo orientação de algumas pessoas dentro do clube. A ocorrência deve ser registrada nesta quinta-feira (23).

Aqui o trecho da fala sobre a ameaça e na sequência a entrevista coletiva completa do Vicintin:

http://www.otempo.com.br/superfc/bruno-vicintin-relata-ter-sofrido-amea%C3%A7as-de-morte-de-itair-machado-1.1545148

https://soundcloud.com/o_tempo/ouca-a-entrevista-na-integra-de-bruno-vicintin


A “espionagem” do Grêmio. É fato? Boato? Certo? Errado? ou nada a ver?

Assisti ontem um bate boca do vice-presidente jurídico do Grêmio com a bancada da ESPN sobre a reportagem da emissora sobre um espião que teria sido contratado pelo clube para filmar treinos secretos dos adversários do time por meio de um drone. Essas filmagens teriam ajudado ao técnico Renato Gaúcho e aos seus comandados, em toda a temporada 2017.

Futebol não se ganha apenas dentro de campo e o uso da tecnologia para “piratear” informações está em discussão com este episódio. Até que ponto seria válida uma ação como essa. Seria desonestidade como as famosas compras de arbitragens que reinaram no futebol brasileiro durante grande parte da história?

O ex-diretor da Rede Globo, que foi vice-presidente do Flamengo nos anos 1980, Walker Clark disse no livro autobiográfico “O Campeão de Audiência”, de 1994 (relançado em 2015), na página 356, que ele, cuidava, dentre outras coisas do acerto com árbitros para favorecer o time: “… as mumunhas da arbitragem, os acertos com os juízes, o suborno. Todo mundo jura de pé junto que não existe, que são fatos isolados, mas na verdade, acontece, quase às claras, para quem quiser ver.

Assunto bom para saber a opinião dos senhores e senhoras comentaristas aqui do blog

* “EXCLUSIVO: Grêmio usou drone para espionar rivais durante o ano; veja flagra em treino do Lanús”

Gabriela Moreira, para o ESPN.com.br

O Grêmio que disputa a final da Libertadores, nesta quarta-feira, usou métodos de espionagem durante toda a temporada.

Apuração da ESPN revela que uma pessoa foi contratada pelo clube para filmar e fotografar treinos abertos e fechados de todos os adversários. Na Libertadores, no Brasileiro e na Copa do Brasil.

Com o auxílio de um drone ou usando câmeras escondidas em árvores, prédios e muros, a equipe de Renato Gaúcho teve acesso aos segredos e estratégias de todos os seus rivais: escalações, jogadas ensaiadas, esquemas táticos. (mais…)


Birra interna no Cruzeiro, envolvendo Itair Machado, pode ter tirado o jogo da final Sub-20 do Ipatingão

Itair e o presidente eleito Wagner Pires de Sá só terão o poder da caneta azul depois de empossados. Na foto do Globoesporte.com ao lado de Benecy Queiroz, que deverá continuar na diretoria em 2018. Por mais incrível que pareça, Itair e o Dr. Gilvan apoiaram o mesmo candidato e foram vitoriosos, mas o racha interno os distanciou em menos de 24 horas da eleição.

GILVAN

Dr. Gilvan e a atual cúpula cruzeirense, usarão de seus poderes até o último dia do mandato.

Está na coluna do Fernando Rocha, que circulará na edição de amanhã do Diário do Aço, de Ipatinga

“Não entendí, assim como o Secretário de Cultura, Esporte e Lazer da Prefeitura de Ipatinga, Carlos Oliveira, com quem conversei na noite de domingo, também não entendeu o porquê da mudança inesperada de atitude do Cruzeiro, que chegou a enviar  um funcionário, que fez vistoria e aprovou o Ipatingão para sediar nesta quinta-feira(23/11), o segundo e decisivo jogo da Copa do Brasil/Sub-20, mas logo depois mudou de idéia e confirmou  a partida contra o Atlético para o Estádio Independência, com 90% dos ingressos destinados aos torcedores celestes.

·                   A coluna apurou nos bastidores, que o presidente Gilvan de Pinho Tavares se sentiu incomodado, pelo fato de Itair Machado, o futuro homem forte do futebol celeste, ter sua base em Ipatinga e estar interessado na transferência do jogo para o Vale do Aço. Então, para mostrar força, vetou a partida e com isso frustrou a numerosa torcida azul na região, que com certeza iria comparecer em grande número para apoiar o time, diferente dos poucos mais de 600 atleticanos, que desafiaram a chuva, além do horário pornográfico de 21:45 na noite de sábado, imposto pelo canal pago de TV que detém os direitos de transmissão, para assistir o fraco 0 x 0 do primeiro confronto, entre os dois maiores rivais aqui nos nossos grotões. (Fecha o pano!) (mais…)


Galo vivo na briga pela vaga na Libertadores, e concordo 100% com o Héverton Guimarães: “Puta que pariu! Que golaço do Otero!”

Este será um “troféu” do qual o Daniel Nepomuceno poderá se gabar da sua passagem como presidente do Galo: uma aquisição fantástica; melhor relação custo/benefício na contratação de um estrangeiro nesta temporada. Venezuelano danado de bom!

A imagem do gol está rodando o mundo e direto de Londres o correspondente do SBT na Europa, o mineiro Sérgio Utsch twittou: Sérgio Utsch‏ @utsch “O gol que o Pelé não fez, o Otero faz aqui no Independência”. O @mariocaixa exagerou ou foi obra de arte mesmo?”

E eu respondo, caro Utsch: o Caixa não exagerou!

Valeu o ingresso, valeu o outro gol que o Otero fez, que inclusive arrancou o comentário justo do Walter Romano‏ @walteen “Otero, quando você se lembra que existe chute além da bola parada a gente fica bem feliz.”

E valeu demais o gol do Leonardo Silva, maior zagueiro artilheiro da história do Galo.

OTERO

E me impressionou também a reação do calejado Fred ao ver que a bola entrou, no incrível segundo gol do Otero (comemorando nesta foto). Pôs a mão na cabeça, tipo: “Meu Deus; não estou acreditando”… Pois é!

Com a derrota do Vasco para o Atlético-PR, 3 x 1, o time chegou ao oitavo lugar, vivo na briga pela presença na Libertadores.


América ganha destaque da CBF nas boas vindas aos classificados para a volta à elite

Com esta foto em primeiro lugar, no topo das redes sociais dela, a CBF deu boas vindas aos “subidos” para a Série A 2018.

INTER

Nenhum novato.

CEARA

Todos “voltantes”, como o gigante Inter, o Ceará e o Paraná.

PARANA

A briga pelo título continua. O América só depende dele e seria um prêmio a todos a conquista em Belo Horizonte, sábado contra o CRB. Basta vencer, e certamente com casa cheia no Independência.


Problemas do Cruzeiro estão mais fora do que dentro de campo

Enquanto o Dr. Gilvan usa a tinta que ainda tem na caneta e vende jogadores para evitar problemas futuros para ele, a diretoria eleita pensa no que sobrará nos cofres para investir na manutenção e montagem de um time competitivo para 2018. No gramado, o time foi bem melhor que o Vitória no empate em Salvador. Mais bola que o desesperado clube baiano, na luta contra o rebaixamento. Começou perdendo, empatou e poderia ter saído vitorioso, não fossem tantas oportunidades desperdiçadas.


Página 8 de 1.019« Primeira...678910...203040...Última »